sábado, 2 de novembro de 2013

Desafio EscrerDiário: Novembro para escrever – Dia 2

Pois é, segundo dia e a história está surgindo e parece que com ritmo até, mas é cedo ainda para julgar. Alías, julgamentos são dispensáveis nesta fase e estou brigando com meus críticos internos, que insistem em não calar. Mist! Defini o começo e sei como quero que ela termine, a história principal, e como há muitos caminhos que podem me levar ao desejado fim, pretendo testar cada um. A história está fluindo, é uma história clichê por ser uma história de humanos e, o mais empolgante e prazeroso é sentir os personagens falando mais alto do que eu e discutindo com meus críticos, ainda mais quando eles me lembram que o que está surgindo pode não ser literário. "É, pode não ser, não é provavelmente", eu digo. E o que importa aos meus personagens é seguir pondo para fora o que cada um tem para contar e que constitui uma ou mais peças da mentira geral que a narrativa constitui. Até agora estou amando e, puxa, como me sinto inspirada e só penso em escrever.

O mais interessante é deixar o que for possível de lado e escrever, escrever. Tempo se consegue, quando se encontra objetivo e um bom algoritmo de priorização.

Eu só penso em escrever, só penso em escrever, só penso em escrever, só penso em ... pã-pã-pã, pã-pã-pã-rã-pã, pã-rã-rã-pã...

Total de palavras escritas hoje (só da história): 1266


P.S.: os memos têm me ajudado a manter a concentração. Para quem não sabe, isto aqui é um experimento, certo? Até!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro(a) Leitor(a), comentários serão respondidos no local em que forem deixados. Adoto esta política para melhor gerenciar informações. Grata pela compreensão, muito grata por seu comentário. Um abraço fraterno, inté!