segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Desafio EscrerDiário: Novembro para escrever – Dia 11



Saber o que se quer escrever ou o que se tem para escrever é uma coisa; prendê-las no papel em forma de caracteres é outra muito diferente. Começar a escrever de qualquer lugar é sempre um bom começo, o importante é começar pois uma vez iniciada a coisa flui, ganha rumos por si só. Bebê dodói, mamãe dodói e um frio novembro preenchem os espaços dos caracteres tais. Mas já é um começo, não?


Total de palavras escritas hoje (só da história): 1184.






5 comentários:

  1. E então, como vai este livro que nasce mais um pouco a cada dia? Não seria essa a dor do parto, do bebê e da mamãe? Ah, aproveita o friozinho por mim (nasci no país errado, eu curto frio...:) Abraços e bons escritos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser… essa dor! Pior é o nariz entupido e não poder respirar pelas vias normais. Sigamos!

      Excluir
  2. Aliás, essa tal de dor do parto não é para qualquer um não. Que bom: agora posso falar sobre isso; antes era só especulação! ;-)

    ResponderExcluir

Caro(a) Leitor(a), comentários serão respondidos no local em que forem deixados. Adoto esta política para melhor gerenciar informações. Grata pela compreensão, muito grata por seu comentário. Um abraço fraterno, inté!