sábado, 17 de agosto de 2013

Crítica na internet?! Critica pra guru vê!



Gostaria de ter mais tempo, juro, para me dedicar ao estudo de certos padrões na rede. Vejamos os casos das celebridades-meteorito, aquelas que têm um site, blog ou canal com zilhões de seguidores, os chamados gurus, eu não estou no meio! Doido é quem se atreve a falar mal deles, prepare-se para se ver entre dois exércitos prontinhos, um para condenar e outro para lavar a honra do ofendido. Resumo da ópera: na rede ainda não é proibido, mas é desaconselhável criticar e dizer o que se pensa de verdade, pois ainda que haja fundamento, pouco importa o argumento, será ignorado, as pessoas só entendem o que querem: o que é do bem e o que é do mal de acordo com suas próprias convicções, e se o texto questiona ou chama à reflexão... bem, aí vira briga de time, sabe aquelas torcidas enlouquecidas que ninguém consegue segurar? Mais ou menos isso. E aí certos gurus se aproveitam da situação para pôr a sua torcida em ação contra seus supostos inimigos, usando como bola um cronista qualquer, por exemplo, um observador que apenas ousou questionar alguns comportamentos e declarações. Exatamente isso eu vi acontecer ‘isturdia’ mesmo e é capaz que ainda esteja acontecendo a guerra dos textos. Eu saí de fininho, fiquei só ‘urubuservando’ de acolá, não me meti porque não era comigo e percebi que se eu entrasse seria mais munição, para um time ou para o outro, pois nesses casos não há discussão, todo mundo tem razão mesmo! Fiquei com pena do cronista, digo, e torço para que ele saia com vida desse jogo sujo de críticabol. E o guru, ó: rolando de rir lá do seu pedestal... Critica, critica pra tu vê!

Um comentário:

Caro(a) Leitor(a), comentários serão respondidos no local em que forem deixados. Adoto esta política para melhor gerenciar informações. Grata pela compreensão, muito grata por seu comentário. Um abraço fraterno, inté!