quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Coletânea Outros Quinze Contos



Nova coletânea de contos "avulsos" publicados no Recanto das Letras entre 2010 e 2012.

Você pode baixar em PDF (tamanho reduzido) no Recanto das Letras ou ler no Calaméo.

Comentários e críticas construtivas são sempre muito bem vindos!

A seguir, mensagem de lançamento publicada no Recanto:



Outros Quinze Contos: nova coletânea no ar

Acabei de disponibilizar (aqui na opção E-Livros, também no site calaméo) uma nova coletânea com quinze contos. Todos os textos são de minha autoria, já haviam sido publicados no Recanto e não são parte de nenhuma das minhas coletâneas anteriores. A idéia de reuní-los num volume PDF foi – e continua sendo – facilitar o acesso ao leitor, livrando-o da obrigatoriedade de ter que estar online para lê-los. Como a maternidade quase não tem me permitido investir tempo em outros projetos, fiquei muito feliz em ter podido concluir mais este, embora com atraso. Queria tê-la disponibilizado já à época do meu aniversário no Recanto – ano III! –, mas, como diz a sabedoria popular: o que não deu (certo) é porque não era mesmo para dar, paciência. Bom, chega de blá-blá-blás e vá aos contos, correndo! Espero que goste de lê-los ou, relê-los, talvez.

Grata pelas leituras e/ou comentários, um abraço fraterno :-)

Helena Frenzel
Publicado no Recanto das Letras por Helena Frenzel em 26/01/2012
Reeditado em 26/01/2012
Código do texto: T3462603

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Favor informar o nome da autora. Para ter acesso a conteúdo atual aconselha-se, ao invés de reproduzir, usar um link para o texto original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro(a) Leitor(a), comentários serão respondidos no local em que forem deixados. Adoto esta política para melhor gerenciar informações. Grata pela compreensão, muito grata por seu comentário. Um abraço fraterno, inté!