domingo, 13 de março de 2011

Que falta isso faz


Vivia reclamando que não tinha. Em se tratando de desperdício, de todos falava mal:  um dia, da vizinha: “por jogar comida fora.”; num outro, do vizinho: “Não sabe economizar.”; dia desses, dos colegas: “todos uns folgados!”, da gente em geral:  “Êta povo mimado! Tudo têm demais! Nada sabem valorizar... Se um pouco mais eu tivesse, que diferença faria!” Por certo. Seguiu os dias assim, sempre a reclamar da falta. E era de amor, ou de dinheiro, paciência, ou de educação; de tolerância, ou de respeito; de afeto e consideração. Muita falta de vergonha na cara, de fato, falta de tudo, de tudo o que se possa imaginar, até da própria imaginação. Um dia, entretanto, seu tempo veio. Daí não teve mais do que reclamar. Vivia reclamando que não tinha, e se vendo com tanto, em demasia, começou a desperdiçar. E eu me pergunto: o que será que lhe faltava?



Texto também publicado no site BVIWtecendoletras


----------------------------------------------------------------------------
Se deseja reproduzir este texto, no todo ou em parte, favor respeitar a licença de uso e os direitos autorais. Muito obrigada.

Helena Frenzel
Publicado no Recanto das Letras em 09/03/2011
Código do texto: T2836898

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Para ter acesso a conteúdo atual aconselha-se, ao invés de reproduzir, usar um link para o texto original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Um comentário:

  1. Olá, Helena,
    andei sumida, mas cá estou novamente! E que excelente texto você me traz! Simples e belo, faz com que nós, leitores, nos identifiquemos com ele. A figura desse tipo de hipócrita sempre está presente em nossas vidas...
    Entretanto, não saio daqui sem te deixar um presente. Nada mais justo, depois de ler essa ótima postagem. O link é http://olivroestanamesa.blogspot.com/2011/03/feliz-aniversario-atrasado.html
    Carpe diem!

    ResponderExcluir

Caro(a) Leitor(a), comentários serão respondidos no local em que forem deixados. Adoto esta política para melhor gerenciar informações. Grata pela compreensão, muito grata por seu comentário. Um abraço fraterno, inté!